Unus Lamia


Em cada noite chuvosa
Vem memórias de um passado
Encaro-a, eterna, glorioza
Saboreando-a como o sangue de um jovem mulato

Inexistente, invisível
Venha e dance comigo
Irresistível, inevitável
Seu prazer é só um agrado

Tantas palavras a te rodear
Minha boca, és tu que vem a desejar!
Teu corpo quero provar
E me deliciar com o seu peito a arquear

Beije-me! Sei que tu me quer
Toque-me! Aproveite os minutos
Deleite-se! Darei o que me pede
E sentirá o quanto pode durar um segundo

O tempo move-se somente a meu favor
Neste momento, perdeu todo o teu pudor
A mim, glorifica com gritos de louvor
Nos últimos momentos em que teu prazer e tua vida acabou.

5 comentários:

Inominável Ser 16 de agosto de 2009 19:48  

E,
ao morrer,
venhas,
Lamia,
teceer
em mim
o assombro
e reger
em mim
o sonho
das tuas presas
de fel
e mel
sepulcral...

FELIZ ANIVERSÁRIO, MEDYE PLATINUM!!!

Ive Kaveski 18 de agosto de 2009 16:19  

Que lindo Medye *-*


Segue meu blog novo?
http://narcophrenic.blogspot.com/


Bgz

Inominável Ser 18 de agosto de 2009 22:21  

Medye, recomwndo-we este site:

http://www.adoravelnoite.com/

Inominável Ser 18 de agosto de 2009 22:29  

Recomendo-te, quis dizer.

Adriano Siqueira 25 de agosto de 2009 17:12  

lindo o poema medye... como vc... bem direto e cheio de ansiedade e desejo.
agradeço ao "inominável ser" por indicar o adorável noite. Ele é de vocês. vampiros.

abraços e uma adorável e eterna noite.

Sobre este blog

Minhas crianças

Olhos da janela

Minha foto
Uma sonhadora de um mundo de fantasias. Onde todo o irreal que inunda cada linha de pensamento se dissipa no fim de uma avenida, um olhar poético que cria a dor e a felicidade de ter algo além da imaginação. E um trabalho mais que amado criado por mim e somente a mim terminado. Sou Medye Platinun. Muito prazer.

Página Protegida Por Direitos Autorais! Não copie, crie!

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

Use e abuse... Da sua criatividade!