My Diary Pt. 07 - Goodnight (?)


-Ter auto-piedade sangra muito.
-Ter auto-consciência também.
-Tenho como fugir disto? Não, não tenho. Mundo regride, minha mente se apaga aos poucos, como se fosse uma forma de tirar tudo aquilo que só me faz (fez) sofrer. Não nego que seria uma má idéia, porque não é.
-Seja bem-vindo, entre no meu mundo e procure um lugar para se sentar, seja o primeiro da fila, mas cuidado para não se assustar, o filme pode ser de terror.
-Se eu tentar escapar, perdoar, apagar. Seria melhor? Menos desastroso?
-"Se correr o bixo pega, se ficar o bixo come" - morremos do mesmo jeito? Ou achamos uma saída?-
-Auto-consciência que nego. Nego-me?.
-Mamãe, papai, cadê vocês? Está tão escuro. Ás vezes tenho medo do escuro, outras vezes me apego à ele como se fosse o meu lugar, meu refúgio.
-Coleguinhas, oi, eu sou louca, querem ser meus amigos? Ainda querem? Eu quero? Relatividade barata.
-Sentimentos baratos, e um blasè ignorante, é, vai ver é por isso que as coisas são como estão indo, é por isso que eu sinto o que sinto, e por aí vai.
-É... eles vão bem e eu fico, sempre fico... fadada à isso? Emoções descartáveis, dores degradáveis e eu vou indo... sumindo, me desfazendo.
-Vou tentar me lembrar dos momentos bons e me agarrar.
-Vou tentar aguentar e sobreviver.
-E começar a viver.

--------------
"Pare de gastar tempo, garoto
Você está atrasado toda a sua vida, garoto
Eles não vão ter paciência
Com alguém como você
Sua memória está acabando
Eu vou te amar para sempre
Eu vou tentar me lembrar
Eu vou tentar aguentar"

To die for - The Birthday Massacre.

*Agradecimentos à Desiree pela colaboração de suas fotos.

2 comentários:

Nikki... 20 de junho de 2009 19:29  

boa noite senhorita(adoro chamar as pessoas de um jeito formal se nao se importar)
tenho um selo para vc no after.

Nikki... 24 de junho de 2009 19:00  

tenho outro selo para a senhorita.

Sobre este blog

Minhas crianças

Olhos da janela

Minha foto
Uma sonhadora de um mundo de fantasias. Onde todo o irreal que inunda cada linha de pensamento se dissipa no fim de uma avenida, um olhar poético que cria a dor e a felicidade de ter algo além da imaginação. E um trabalho mais que amado criado por mim e somente a mim terminado. Sou Medye Platinun. Muito prazer.

Página Protegida Por Direitos Autorais! Não copie, crie!

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

Use e abuse... Da sua criatividade!