Crucifére


Dizia-me que não se calaria, mas seu silêncio lhe culpou
A cólera dos saudáveis infecta a manhã dos doentes
O sono daqueles que não dormem apazigua o meu pensar
Minha cruz é pesada
Minha cruz é cara
Por ela, você não pagaria
Por mim, você não pegaria
As dores dos pregos em minhas mãos cura os pesadelos
E faz-me pensar
É aqui que devo ficar?
Onde você está?
Provavelmente enterrando-se em ilusões imundas
As estrelas riem
As estrelas caem
Pode vê-las brilhar?
É tudo o que pode ver
É pouco o que pode sentir.
Eu não estou mais aqui
As agulhas mentem
Dizem que estou à sua frente
Vá e agarre o ar
Goze disto até se lambuzar
Mas não será a mim que abraçará
Será eu, aquela quem você gostaria de amar?.
Pude notar que não devo lhe contar histórias
Acredito que está na minha hora de ir
A porta me aguarda para se abrir
Mas adoraria se pudesse ficar para dormir.
Três fadas, três amigas, seres afastadas de mim
A mais próxima já supliquei despedida
Mas sua ameaça veio de investida
"Querida, conto suas histórias para ter uma noite bem dormida."
Porém, ainda choro, ainda sofro, ainda lembro de ti
Pecados do coração que mata fracionada
Deus! Me ajude! Não me renegue
Traga-me sua luz, pouse seu olhar em mim
Sangro, pode ver? Ou apenas sou uma renegada?.
Pago pelos meus pecados
Descobri que é deles que necessito
Quem sabe é meu vício
Afundo-me em cretinos delírios.
Onde choro escondido
Minha mente afunda no mais puro pessimismo
Gilete ao meu lado oferece um novo caminho
Que digo: " Não! Não é disto que preciso."
"A vida já é fardo pior", decido.
Mas ainda penso naquele dia
Que dizia-me que não se calaria, mas seu silêncio o culpou
As feridas aumentam pelo peso da dor
Minha cruz é pesada
Minha cruz é cara
Por ela, você não pagaria
Por mim, você não a pegaria
Culpa das histórias que minha boca já contou
Agora minha cruz alivia a dor dizendo:
"Ela te poupou."

1 comentários:

Ana Paula 18 de fevereiro de 2010 10:11  

oi nina...é a ana paula da prolar...^^
foi dificil te encontrar hem...♥
mas encontrei...^^
big bjss par tii...fik na paz...♥

Sobre este blog

Minhas crianças

Olhos da janela

Minha foto
Uma sonhadora de um mundo de fantasias. Onde todo o irreal que inunda cada linha de pensamento se dissipa no fim de uma avenida, um olhar poético que cria a dor e a felicidade de ter algo além da imaginação. E um trabalho mais que amado criado por mim e somente a mim terminado. Sou Medye Platinun. Muito prazer.

Página Protegida Por Direitos Autorais! Não copie, crie!

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

Use e abuse... Da sua criatividade!